Arquivo do dia: junho 12, 2008

nossos franceses: fortunée henry e roger henry

Mais do que a história de um restaurante, o La Casserole, Fortunée Henry e Roger Henry protagonizaram uma verdadeira história de amor.

Filha de parisienses nascida na Turquia, ela desembarcou em São Paulo em 1948, acompanhando o marido que vinha trabalhar no país. Quatro anos depois, Henry abriu o La Casserole no Largo do Arouche, onde a casa está até hoje. Os dois atuavam em sintonia. Ela ocupava-se do salão; ele, da administração e da cozinha. “Superamos dificuldades, como trazer ervas, especiarias e moedores de pimenta da França por navio”, lembra Fortunée. Embora não fosse o chef, Henry, morto em novembro de 2005, preparava diante da clientela alguns pratos, entre eles o steak tartar. Fortunée, recebia o jet set daqui e estrelas internacionais.

A única grande reforma do prédio aconteceu em 1960, quando duplicou sua área e ganhou uma adega subterrânea. E assim permaneceu sob o reinado do casal até 1987, quando a direção passou à filha única, Marie-France.

Além de continuar no mesmo lugar, na frente das charmosas bancas de flores do Largo do Arouche, o restaurante também mantêm uma relação de amor com seus clientes (muitos fidelíssimos) e com seus funcionários, que hoje tocam a casa em regime de cooperativa. São todos apaixonados pelo lugar.

Fortunée ainda janta no La Casserole todas as noites em sua mesa cativa, dando continuidade à sua linda história de amor.

Trechos extraídos da revista Veja.

2 Comentários

Arquivado em ...na cozinha, ...na vida, ...nossos franceses