o dia em que conheci jacques prévert

Eu estava apaixonada. E por ele também fiquei. Não entendia uma palavra do poema, traduzido depois ao pé do ouvido, mas me apaixonei. Agora, escrevendo este post, me apaixonei ainda mais ao saber que além de poeta também foi roteirista de filmes realizados por Jean Renoir e Marcel Carné. E caí de joelhos ao escutar a música “La chanson de Prevért” composta e interpretada por Serge Gainsburg, criada em referência à música “Les Feuilles Mortes” de Jacques Prévert cantada por Yves Montand.

——————–

Muitos livros de Prévert foram editados no Brasil. Leia e apaixone-se.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ...na vida, ...nas artes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s