rock de boa moça

Assunto irressistível para este nosso OuiOui é a reportagem de ontem de Lúcio Ribeiro para a Folha de São Paulo sobre o grupo Plastiscines que toca no Brasil no começo de setembro. Eu não conhecia. Li a reportagem, fucei no google, ouvi no myspace, deixei rolando a música no YouTube e adorei.

As meninas juntam um rock-“pesado” com guitarras, maquiagem e roupas da moda (leia-se moda francesa moderna à la Colette) e estão chamando atenção (para o bem ou para o mau por aí). A crítica, muitas vezes, é de que elas estão mais para moda e catálogo de roupa do que para música de verdade. Mas a minha pergunta é: por que levar tudo isso tão a sério? Elas são divertidas, mesclando esta coisa de música de garagem com moça de família. Eu adorei!

Falando em estilo, a que mais se destaca é com certeza a guitarrista e vocalista Katty Besnard, com sua trancinha na franja e seu jeito brechó-despojado.

Onde:

Festival Porão do Rock -Brasília – 5 de setembro

Festival Orloff Five – São Paulo – 6 de setembro

Música e vídeo:
duas músicas no disco-manifesto Paris-Calling

cd de estréia lançado em 2007 com o nome de “LP1”

clipe da música Loser

Declaração:

“Acho meio bizarro um país longe como o Brasil ter interesse no nosso som. Fora da França, só tocamos no Reino Unido e nos EUA. Mas notamos, pelo MySpace [myspace.com/plas tiscines], que há muito acesso às nossas músicas vindo daí”, disse à Folha, por telefone, Louise Basilien, baixista da banda.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ...na música

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s