100 anos de Cartier-Bresson

Nesta última sexta-feira, dia 22 de agosto, o fotógrafo Henri Cartier-Bresson teria completado 100 anos. Nascido em 22 de agosto de 1908, é considerado o pai do fotojornalismo, tendo influenciado todas as gerações que o seguiram.

É difícil olhar para uma foto de Cartier-Bresson sem se emocionar, ou se teletransportar por alguns minutos que seja para aquela situação registrada. O fotógrafo defendia a idéia de que existe um momento decisivo (do livro The Decisive Moment) no qual a foto deve ser captada.

Henri Cartier-Bresson, considerado um fotógrafo humanista, percorreu o mundo e co-fundou, em 1947 a agência Magnum Photos. Ajudante do cineasta Jean Renoir quando jovem, também fez documentários sobre a Guerra Civil espanhola e sobre os Estados Unidos.

Para ver um pouco do trabalho do mestre, você pode acessar o livro online aqui ou ver algumas de suas fotos em exposição no MAC (Museu de Arte Contemporânea) da São Paulo, dentro da coletânea “Fotógrafos da Vida Moderna”

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ...nas artes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s