Arquivo do mês: novembro 2008

o chef dos chefs ou nossos franceses: roland villard

viliard

Eu me impressiono cada vez mais com o número de chefs de cozinha franceses que escolhem o Brasil como moradia – e palco de suas criações. Ontem descobri o chef francês Roland Villard, que foi premiado pelas revistas Veja Rio, Guia Quatro Rodas e Gula como o melhor chef de cozinha do país no ano de 2008. Para mim, então, ele e o chef dos chefs!

“Nascido em Saint-Etienne, região central da França, Villard demonstrou interesse pela culinária desde a infância e logo começou a trabalhar em Paris, a capital da gastronomia mundial. De lá para cá, o chef não parou mais: trabalhou em países da Europa, África e América Latina, sempre valorizando as técnicas e as tradições da gastronomia francesa. Há 11 anos no Brasil, atuando como chef do restaurante Le Pré Catelan do Hotel Sofitel Rio de Janeiro, um dos dez melhores restaurantes de hotel do mundo segundo a revista World Hotel Magazine, Villard tornou-se rapidamente um dos grandes nomes da gastronomia no país, acumulando diversos prêmios nacionais e internacionais. Além dos inúmeros prêmios recebidos, Villard foi responsável pela realização de várias cerimônias importantes, entre elas o jantar de gala no Castelo de Versalhes, em comemoração ao Ano do Brasil na França (2005), e o coquetel em homenagem à vinda de Jacques Chirac ao Brasil na embaixada da França, em Brasília (2006).  Nos últimos meses, Roland Villard participou, como especialista e jurado, de um concurso nacional promovido pelo programa Mais Você, de Ana Maria Braga, na Rede Globo.”

Essas informações são da Folha, mas vou pesquisar mais, e quem sabe provar alguma coisa, para trazer mais informações sobre este grande chef para o nosso OuiOui.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha

aquecimento para o ano da frança no brasil

Os produtores da produção franco-brasileira “Tempête À 10º Sud” (Tempestade 10º Sul), baseada em clássico de Shakespeare, estão na Bahia para completar o elenco do espetáculo. Serão selecionados hoje três instrumentistas de cordas dedilhadas (violão, cavaquinho, violão de sete cordas, bandolim, guitarra baiana, guitarra portuguesa, contrabaixo acústico), sopro (flauta transversa, clarineta, trombone, oboé, trompete, saxofone) e percussão (ritmos tradicionais do candomblé). 

O sincretismo do catolicismo com as religiões afro-brasileiras e o transe no candomblé estão entre os temas do espetáculo, que faz parte de uma trilogia iniciada em 2006 e que terão seu auge em apresentação especial durante as comemorações do Ano da França no Brasil.

080402_0804012portraitgillespastorclaurentcipriani

O diretor do espetáculo, o francês Gilles Pastor, participa amanhã como convidado do evento Conversas Plugadas no Teatro Castro Alves que traz também o cenógrafo Pierre David. Durante o bate-papo com o público, eles falarão a respeito da pesquisa e o processo de criação de “Tempête À 10º Sud”.

“Em Salvador, ao entrar numa igreja barroca, observo esse rico patrimônio da Unesco, mas não consigo esquecer a mensagem de propaganda veiculada pela Arte do Barroco. Seu ouro exuberante não é uma mensagem de paz, mas um mecanismo formidável de poder militar e religioso. Meu teatro fala em ‘religião’, mas exclui qualquer ‘sentimento religioso’. Tento realizar as minhas tempestades e manter meu teatro na sua desordem”, declara Gilles Pastor.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na música, ...nas artes

festival varilux de cinema francês

Mais um festival de cinema francês para animar as meninas aqui do OuiOui. O Festival Varilux de Cinema Francês está em sua sétima edição, passa por 12 cidades e apresenta 6 filmes inéditos além de uma reprise: Dois em Um, 15 anos e meio, La Belle Persone, Beijo na Boca, Não!, Feliz e Lola, e Atrizes, além de Elogio ao Amor. 

A programação em São Paulo começou nesta sexta e vai até o dia 27, com filmes no HSBC Belas Artes. Veja detalhes aqui, no site oficial.

Para acompanhar o evento, o restaurante francesinho Paris 6 inaugurou uma mostra de fotográficas com imagens do filme Dois em Um. A exposição permanece até o final de novembro e, durante esse período, o restaurante também exibirá trechos do filme.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha, ...no cinema

pequenas jóias do cinema francês

 

6guitrytournage432ok

Começou na quarta-feira a mostra “Pequenas Jóias do Cinema Francês”, com uma série de produções francesas rarar produzudas entre os anos de 1941 e 1961.

A mostra acontece na Cinemateca Brasileira e apresenta duas sessões diárias até o domingo dia 23, com filmes de Christian-Jaque, Jean Delannoy e Roger Leenhardt.

Hoje, sexta-feira, são apresentados os filmes Sombras na Areia, de Jacques Bourdon com Anna Karina (em versão original, sem legendas) e O Assassinato do Papai Noel, de 1941, de de Christian-Jaque (com legendas em português), às 19h e 21h respectivamente.

No sábado, o dia começa com o filme Jogo Feito, de Jean Delannoy (com legendas em português), seguido por uma reapresentação do Sombras na Areia. Às 18h30 e 20h30, respectivamente.

Para fechar a mostra, são apresentados no domingo os filmes As Últimas Férias, de Roger Leenhardt (em versão original, sem legendas) e O Diabo Manco, de Sacha Guitry (com legendas em português), às 19h e 21h, respectivamente.

A Cinemateca fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino.

Deixe um comentário

Arquivado em ...no cinema

outro dj francês balança são paulo

Damon Jee

Mais um DJ francês desembarca em São Paulo para animar a sexta-feira pós-feriado. Desta vez quem vem aí é Damon Jee, residente do clube Sala Pagoa na Espanha, para seu set de tecno e electro no clube Spkz

Em parceria com o DJ Olivier Giacomotto, Jee lançou a EP “Jamon y Queso” pelo selo Tora Tora Tora Records (EUA), tocado por Sven Vath, John Acquaviva, Oxia, Marco Bailey, entre outros.

jamon Y queso

Dê uma olhada no MySpace do Damon e vá se animando.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na música, ...u-lá-lá!

le beaujolais nouveau est arrivé!

sire_2515849_3_apx_470__w_ouestfrance_

E é hoje! Comemorada simultaneamente em todo o mundo, a chegada do Beaujolais Nouveau é um grande motivo para erguer uma taça de vinho. Como dissemos aqui antes, há controvérsias sobre a sua qualidade, mas o fato de imaginar que o mundo todo abre suas garrafas no mesmo dia dá uma incrível sensação de estar fazendo parte de uma grande festa com 50 milhões de garrafas (a produção deste ano) não dá?

Uma amiga que está em Paris disse que por lá estavam distrubuindo, já à meia noite, vinho pela cidade inteira. Em Toquio, festas literalmente regadas a Beaujolais (com banho e tudo). Aqui, você pode conferir a “chegada” em alguns restaurantes da cidade, alguns franceses, como o Le Vin Bistro, outros nem tanto, como o japonês Aizomê e o italiano Salvattore.

Veja a lista compelta de restaurantes no site da importadora Mistral.

E bom vinho!

—————–

Leia mais sobre o Beaujolais Nouveau aqui

Deixe um comentário

Arquivado em ...na vida, ...u-lá-lá!

um arquiteto da moda em paris ou nosso franceses: gustavo lins

picture-38

Brasileiro, Gustavo Lins estudou arquitetura por aqui e foi aplicar tudo o que aprendeu em terras francesas, primeiro trabalhando com grandes nomes da área (Vuitton, Galliano, Gaultier, e Hermès) e depois abrindo seu próprio Atelier em 2003, com coleções femininas e masculinas.

Suas coleções se destacam pelo aspecto “construtivo” de suas roupas, as estruturas estudadas delicadamente, como em um projeto de arquitetura.

“J’ai vraiment le sentiment d’exprimer l’esprit de l’architecture à travers le vêtement” diz o estilista em seu site.

“A distance, c’est un objet; porté, ça devient une espace. Je le construit, mais c’est la personne avec son esprit et son intelligence et sa personnalité qui l’occupe!”, complementa, sugerindo que cada roupa é uma moradia, que deve ser ocupada pela personalidade daquele que a ocupa. 

O chique é que ele foi nomeado um membro visitante do Paris Chambre Syndicale de la Haute Couture em 2007!

E é chamado constantemente para desenvolver projetos artísticos:

glmorewall linsedition_teaser

picture-39

Deixe um comentário

Arquivado em ...na moda, ...nossos franceses