Arquivo da tag: Brasília

l’homme de rio

homme_rio

O Rio do título deste post é o Rio de Janeiro, um dos cenários do filme de aventura L’Homme de Rio, em português O Homem do Rio, de 1964 filmado por Philippe de Broca e estrelado por Jean-Paul Belmondo e Françoise Dorléac (a irmã da Catherine Deneuve – confeso que até este momento não sabia que ela tinha uma irmã).

No filme, uma espécie de Indiana Jones, com toques de James Bond e Agente 86, o personagem de Jean-Paul Belmondo é raptado por um grupo que busca uma civilicação perdida na Amazônia, na aventura, além de passar pelo Rio e pela Amazônia, ele chega a Brasília, onde enfrenta vários inimigos entre as obras de Oscar Niemeyer.

Curiosíssimo, não?

Veja uma parte do que se passa em Brasília neste vídeo:

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em ...no cinema

fotos da exposição de guy blanc

Com exclusividade aqui no nosso OuiOui, um presente do fotógrafo Guy Blan, sobre o qual falamos recentemente: fotos exibidas na sua exposição Brasília-Paris, Olhares Cruzados

expo-06-a

expo-06-b

expo-10-a

expo-10-b

expo-12-a

expo-12-b

Ah! E estas fotos respondem ao meu p.s. do post anterior “p.s.: as fotos que ilustram este post, não são de Guy Blanc. Não encontrei nada na Internet. Continuo procurando”


1 comentário

Arquivado em ...na vida, ...nas artes

guy blanc, aproximando brasília de paris

paris-brasilia

Pense em Brasília. Mesmo que você nunca tenha ido lá, alguma imagem deve passar por sua cabeça. Agora pense em Paris. Idem. As duas cidades icônicas (guardadas as devidas proporções), são aproximadas pelo olhar do cineasta francês Guy Blanc na exposição Brasília – Paris, Olhares Cruzados.

É a 5ª exposição do francês Guy Blanc, cineasta com larga experiência no Brasil, onde produziu para a TV francesa um documentário sobre as obras de Oscar Niemeyer

Com vivência em Paris e Brasília, Guy Blanc busca aproximar duas cidades aparentemente antagônicas, percorrendo suas curvas, materiais e texturas. Se você tem curiosidade sobre o resultado, assim como eu, veja o que o próprio cineasta diz sobre o trabalho:

“Moro em Brasília há mais de 30 anos e passo algumas temporadas em Paris, então, sempre fotografei muito as duas cidades. Na minha mente, como são lugares que amo, tive a idéia de traçar essa aproximação. Fui completamente guiado pela emoção” (Para Correio Braziliense)

———————-

Nascido em uma aldeia perto de Lyon, na França, trabalhou com assistente de direção, produtor de documentários e diretor de filmes publicitários. No Brasil, veio a primeira vez para a filmagem de “Le retour du Grand Blond avec une chaussure noir” e dois anos depois de envolve na produção do filme “Pastores da Noite”, adaptação do romance do escritor Jorge Amado. Apaixonou-se pelo Brasil, e ficou.

————————–

p.s.: as fotos que ilustram este post, não são de Guy Blanc. Não encontrei nada na Internet. Continuo procurando

p.s.2: a exposição acontece em Brasília, até o dia 13 de novembro, no espaço de exposições da Câmara dos Deputados.

4 Comentários

Arquivado em ...na vida, ...nas artes