Arquivo da tag: comida

prepare-se para a primavera com gostos da provence

Nesta próxima quinta-feira, dia 18/09 a chef Talitha Barros ministra a aula com o sugestivo nome “Da Provence especial para a sua primavera”

Segundo descrição do site da escola Madame Aubergine, “os franceses é que sabem levar a vida “à table”. Debaixo de uma parreira ou de um caramanchão, a comida simples do campo, preparada de forma original e com ingredientes direto da horta garante refeições inesquecíveis”.

A idéia da aula (demonstrativa com degustação) é que você se inspire na primavera provençal e tire o melhor proveito da estação que vem por aí.

O cardápio inclui

Amouse bouche: Berinjelas assadas com molho de alcaparras, alho e salsinha
Entrada: Pissaladière (“pizza niçoise”)
Prato: Bouillabaise
Sobremesa: Creme Brulée ao perfume de lavanda

Mais informações no site da escola

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha

coq au vin por rita lobo

Para a marinada:

2 cabeças de alho

4 cebolas

2 cenouras

2 alhos-porós (somente a parte branca)

2 peitos de frango inteiros

4 coxas de frango

4 sobre-coxas de frango

1,5 L vinho tinto (duas garrafas)

1 xícara (chá) nde conhaque

1 colher (sopa) de sal grosso

pimenta do reino a gosto

4 folhas de louro

4 ramos de alecrim fresco

4 ramos de tomilho fresco

Modo de preparo:

1.Descasque os dentes de alho e as cebolas. Lave os vegetais e as ervas.

2.Numa táboa, corte as cebolas em 4 pedaços. Pique os alhos-poró e as cenouras de foram irregular.

3.Lave bem cada pedaço de frango. Se quiser, esfregue-os com limão.

4.Numa tigela be grande, ou num saco plástico, junte todos os ingredientes. Leve à geladeira e deixe marinar por 48 horas.

Para o cozimento:

80g de manteiga

4 xícaras (chá) de caldo de galinha (se usar cubo, dissolva apenas 2)

Modo de preparo:

1.Em 3 tigelas, separe os ingredientes da marinada: legumes, frango e líquido. Reserve.

2.Leve uma panela média com um pouco de manteiga ao fogo médio. Quando começar a espumar, doure os pedaços de frango aos poucos (Se colocar todos os pedaços de uma vez, o frango não ficará dourado). coloque mais manteiga à medida que for colocando pedaços de frango. Reserve 2 colheres (sopa) de manteiga para os legumes. Retire o frango da panela e reserve. Se quiser, retire a pele dos pedaços de frango depois de dourá-los.

3.Na mesma panela, junte o restante da manteiga e doure os legumes da marinada por alguns minutos. Acrescente o líquido da marinada, os frangos, o caldo e deixe cozinhar por 30 minutos com a panela tampada.

Para a montagem:

3 cenouras

3 cebolas

2 colheres (sopa) de cebolinha francesa

250g de bacon (inteiro)

1 colher (sopa) de manteiga

sal a gosto

Modo de preparo:

1.Corte as cebolas em metades e as metades em meia-luas bem fininhas. Corte o bacon em tirinhas também. Corte as cenouras em rodelas finas ou faça fios usando um zester (utensílio para fazer raspinhas). Pique fino a cebolinha. Reserve.

2.Numa frigideira, coloque a manteiga e leve ao forno médio. Qunando derreter, doure o bacon por 5 minutos. Acrescente a cebola e a cenoura e refogue por 15 minutos. Tempere com sal.

3.Transfira os pedaços de frango para uma travessa funda, disponha os legumes refogados por cima. Regue com o molho e decore a cebolinha francesa picada. Se quiser, decore também com outras ervas frescas, Sirva imediatamente.

Ok, o jantar à francesa de Rita Lobo vai indo bem, depois gravlax de salmão, e da terrine de aspargos com queijo de cabra, acabamos de aprender o coq au vin. Aguarde que ainda acomapnha batata rösti e as sobremesas, tudopara 6 pessoas.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha

serviço à francesa em dias de fast food

Nesses tempos de fast food, ainda tem gente, evento e restaurante que se dedica ao serviço à francesa. Pode, por um lado, parecer frescura, mas não deixa de ser uma linda forma de celebrar o momento da comida nestes dias de corre-corre.  

A Wikipedia descreve esta forma de servir assim: “Em matéria de etiqueta à mesa, é o mais requintado e deve ser realizado somente em ocasiões especiais (casamentos, bodas, noivados, quando receber pessoas formais, como ambiente de trabalho – presidentes, diretores, hóspedes estrangeiros). São situações protocolares, como numa embaixada por exemplo.”

As regras básicas são:
1 – Os empregados devem estar uniformizados.
2 – As bebidas devem ser servidas pelo lado direito de cada pessoa sentada à mesa.
3 – O pão, assim como todos os pratos do jantar, é servido pelo lado esquerdo e retirado pelo mesmo lado.
4 – A entrada deve ser servida no prato.
5 – O prato principal deverá ser servido numa travessa.
6 – A sobremesa, juntamente com seus talheres, deve ser servida pela direita e retirada pela esquerda.
7 – As taças e os copos devem ser retirados pela direita, no final da refeição.
8 – O copo de água não é retirado, ficando até o fim da sobremesa.

A disposição dos utensílios na hora de arrumar a mesa é:

1 – Prato de pão e faca.
2 – Garfo para entrada ou salada.
3 – Garfo de peixe.
4 – Garfo de carne.
5 – Souplast (apoio para o prato principal)
6 – Prato principal
7 – Prato para a entrada.
8 – Guardanapo.
9 – Faca de carne.
10 – Faca de peixe.
11 – Faca para entrada ou salada.
12 – Taça de vinho branco.
13 – Taça de champanhe.
14 – Taça de vinho tinto.
15 – Copo de água.

3 Comentários

Arquivado em ...na cozinha, ...na vida

comida francesa de “boteco”

Fim-de-semana prolongado, São Paulo recebendo a frente fria… você vai fciar por aqui e vai fazer o que? Comer e beber é sempre uma ótima pedida, principalmente comidas quentinhas e francesas como as que o Astor serve.

A da foto é um dos sanduíches especiais do bar, chamado Francesinha. É feito com filet mignon e presunto, coberto com queijo palmira derretido e molho rôti (encontrei essa receita com o mesmo nome mas ligeiramente diferente em alguns sites portugueses, publico aqui depois). Mais tradicionais, o Steak Tartar, o Bouef Borguignone e o Coq au Vin (ambos com Papardelle), e o Cassoulet, também são bem francesinhos! 

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha