Arquivo da tag: dança

mais sobre a juliette binoche dançarina

 

In-I, é um espetáculo que tem co-criação e direção da atriz, que além de tudo dança, em parceria com o coroógrafo Akram Khan e explora questões relacionadas ao amor e às relações entre homens e mulheres.

Este é a estreia de Binoche no mundo da dança, contando com dois anos de preparação. Seu companheiro de palco, também estreia nos palcos, atuando, tocando violão e cantando. O cenário das danças solo e conjuntas foram criados pelo reconhecidíssimo artista Anish Kapoor.

Veja um pouco do espetáculo, em uma reportagem feita no Canadá, aqui

E faça fila desde já para ver essa imperdível apresentação – a pena é que o Teatro Alfa ainda não publicou as datas em que o espetáculo acontece. Falaremos sobre isso aqui assim que tivemos notícias.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

ballet de l’opera de lyon no brasil

Depois de duas companhias brasileiras se apresentarem na Bienal de Danca de Lyon, é a vez de uma companhia da cidade vir para São Paulo. As apresentações do Ballet de L’Opéra de Lyon acontecem entre os dias 23 e 26 de outubro no teatro Alfa.

A companhia foi fundada em 1969, e é conhecida por seu reportório experimental e aventureiro. Tida como uma companhia clássica que dança coreografias contemporâneas, o Baller de L’Opéra de Lyon é reverenciado por suas performances inovadoras e a escolha de dançarinos pioneiros como William Forsythe, Jiri Kylian, Maguy Marin, Nacho Duato, Angelin Preljocaj, Bill T. Jones, Trisha Brown, entre outros.

Prepare-se então para um ballet cheio de surpresas e para a versatilidade de seus incríveis dançarinos.

2 Comentários

Arquivado em ...nas artes

companhias brasileiras na bienal de lyon

Começou neste sábado a 25ª edição da Bienal de Dança de Lyon, um dos eventos de dança mais importantes do mundo. Serão 54 apresentações de 42 companhias, vindas de 19 países diferentes – sendo duas brasileiras!

A primeira delas é a Companhia Sociedade Masculina, grupo formado apenas por bailarinos e sediada no Studio 3 de São Paulo. O espetáculo Um Olhar sobre a Tropicália foi concebido pelo coreógrafo Henrique Rodovalho, com inspiração no movimento tropicalista, dos anos 60. 

A outra companhia brasileira convidada a se apresentar é a Companhia Urbana, nascida nos morros cariocas a partir de um trabalho com jovens carentes. Em 2006 a companhia se apresentou na França e deixou encantado o coreógrafo de hip-hop Mourad Merzouki que os convidou para o desenvolvimento de um trabalho em conjunto – é este trabalho que será mostrado no festival deste ano (e deve circular por aqui no ano que vem, durante os festejos do Ano da França no Brasil). 

Outras curiosidades sobre o evento:

– A Companhia de Dança Deborah Colker, uma das mais famosas no Brasil, estreou para o mundo em uma das edições do evento. 

– A cada edição da Bienal, acontece um desfile inspirado no carnaval brasileiro chamado Défilé – uma coreografia em marcha que passa pelas ruas da cidade, com 250 dançarinos profissionais e mais 4,5 mil amadores.

1 comentário

Arquivado em ...na dança

a dança tendência

De tempos em tempos um novo estilo de dança aparece para balançar as pistas. Pode ser que fique de vez, pode ser que fique demodê, mas não deixam de aparecer.

Os franceses estão comandando uma nova tendência na dança, com sua Tecktonik:

também conhecida como “tck“,”electro dance“, “vertigo“,”Milky Way“, é uma forma de dança baseada na mistura de hip hop e techno (80s Vogueing, 90s Wave dancing e Breakdancing) e tem sido associada a músicas do estilo Hardstyle e também Electro house. Começou em Paris em 2000 em um clube noturno chamado Metropolis e ganhou atenção no ano passado, na Paris Techno Parade de setembro. 

Difícil explicar uma forma de dança tão cheia de movimentos como o popping e o locking, o vogue e o wacking… mais fácil ver de uma vez esta performance de um videoclipe da cantora Yelle

E que tal um tutorial para dançar igual?

Veja todos aqui, e arrase nas pistas de dança!

Deixe um comentário

Arquivado em ...na música, ...u-lá-lá!

criaturas fantásticas por philippe genty

No espetáculo LA FIN DES TERRES, do encenador Philippe Genty, personagens enigmáticos e criaturas fantásticas estão presentes em uma mistura fantástica de teatro visual com dança, circo, pantomima e marionetes.

Quando duas pessoas mergulham em um mundo de sonhos, repletos de monstros e fadas, elas passam a revelar emoções secretas…

No Teatro do Sesc Vila Mariana quarta 25 e quinta 26 de junho.

Acho que é imperdível!

——————–

Procurei um vídeo para que meu post fique mais convincente, e aí está (com legendas em árabe. Mas quem se importa com o que está escrito, quando o que está sendo mostrado é tão, tão, tão…

1 comentário

Arquivado em ...nas artes