Arquivo da tag: França

le beaujolais nouveau est arrivé!

picture-9

Daqui a pouco muitos dos restaurantes e todas as importadoras de vinho estarão anunciando a chegada do Beaujolais Nouveau. O vinho, paparicado por uns, odiado por outros, tem sua “chegada” nos mercados de todo o mundo na terceira quinta-feira de todo mês de novembro. Sim. Uma loucura! O franceses fazem um esquema tal que milhares de estabelecimentos em 200 países recebem o famoso vinho no mesmo dia, o que ajuda a “marquetear” a chegada da safra. 

A descrição do vinho é simples: um vinho jovem e frutado, feito com uvas Gamay, no leste da França. É a primeira leva da safra do ano, de Beaujolais, por isso Nouveau.

A grande questão é que, diferentemente de outros vinhos franceses, feitos para durar, o Nouveau deve ser tomado em no máximo 90 dias e, dizem os especialistas, não tem muita personalidade. 

Mas, vale a pena pela festa e por mais um motivo para celebrar com taças erguidas!

2072195682_1332176b8c

———————————————– 

Aqui, alguns pareceres e informações sobre o Beaujolais

“A moda dos nouveau ditada nos termos da produção em massa, ao estilo fast food, foi responsável por colocar no mercado uma bebida pobre, com uma imagem de um vinho insípido feito para ser bebido imediatamente.”, de Jackson no QVinho

“Por ser novo, o Beaujolais Nouveau tem sabor excessivamente frutado, que não agrada a muitos brasileiros. Também é muito perecível e não deve ser guardado por mais de noventa dias.”, em reportagem antiga da Veja 

“Produzido na região francesa da Borgonha, o Beaujolais é um vinho vinificado rapidamente, num processo de maceração carbônica. Os primeiros escritos sobre ele são de 956 e referem-se aos vinhedos de Brulliacus – hoje, Brouilly. No século XVI passou a ser comercializado fora de sua região. Primeiro em Paris e, depois, em outras cidades francesas. Às vésperas da Revolução Francesa, uma grande comemoração foi feita em Paris para anunciar a chegada do Beaujolais Nouveau.” do Guia dos Curiosos

1 comentário

Arquivado em ...na cozinha

comme les autres

Estreia deste fim-de-semana, Comme les Autres (que tem no Brasil o terrível título de Baby Love), confirmando os paradoxos da França moderna, um país onde o aborto é legalizado e acessível, mas um casal de homossexuais, mesmo que dentro de uma união estável e financeiramente bem, não pode adotar uma criança.

E é este o mote da comédia de Vincent Garenq, o roteirista e diretor que faz sua estréia no cinema, depois de muitos anos à frente de programas de TV. O cineasta teve a idéia do filme quando descobriu que um velho amigo, gay, viajou com o namorado e um casal de lésbicas para discutirem a possibilidade de terem filhos.

Deixe um comentário

Arquivado em ...no cinema

uma paixão: uma le creuset

Não posso me considerar uma cozinheira, nem perto disso, mas quem disse que eu não posso me apaixonar por uma Le Creuset? A panela preferida de muitos chefes por aí, é fruto da criação de dois belgas radicados na França: Arnaud Desaegher (especialista em ferro fundido) e Octave Aubecq (especialista em esmaltação), que começaram em 1925 uma pequena produção de panelas esmaltadas de ferro fundido, em Fresnoy Le Grande, pequena cidade do norte da França.

Além da tradição, quem é que pode resitir a uma dessas panelas? Se você não cozinha, pode ter uma mini, em forma de coração ou de fruta para decorar a mesa… aliás, olha a foto que encontrei, com o chefe de cozinha Erick Jaquin provando um molho diretamente da sua mini frigideira Le Creuset.

 

Peça de família

 

Em alguns lugares da França existe uma curiosa tradição: quando há m casamento na família, a noiva ganha de presente da mãe ou da sogra uma Le Creuset usada. Para eles, isso traz sorte aos noivos.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha