Arquivo da tag: japas

oui,oui,oui: nenhum de nós vive sem um deles

Deu no Le Monde, jornal francês entre os mais respeitados do mundo: “Brasil se reconcilia com os nikkei”, matéria escrita por Jean-Pierre Langellier e traduzida por Jean-Yves de Neufville.

A matéria começa falando da eleição de Karina Eiko Nakahara como Miss Centenário Brasil-Japão, colocando a linda nikkei como representante de pouco menos de 1% da nossa população (os nossos japoneses!).

Depois conta um pouco do começo desta história em pleno o período Meiji, e seu desenrolar, que completa 100 anos, 18 de junho próximo.

História, que a gente sabe, muitas vezes não foi motivo de alegria,nem para japoneses imigrantes, nem para brasileiros. O livro Corações Sujos, de Fernando Morais, traz um relato bastante rico dessa fase.

O Le Monde reconhece o atual estado que chamam de reconciliação, ocorrida já há tempos por aqui:

“Atualmente, o Brasil, que há muito já se reconciliou com os seus nikkei, exalta as suas contribuições para o desenvolvimento da sociedade multicultural que hoje caracteriza o país. Tudo o que eles chegaram a introduzir no Brasil vem sendo objeto de celebração, dos sushis aos mangás, da ginástica à arte do buquê, dos tambores ao karaokê. O Japão está na moda. A imprensa de São Paulo lembra que os nikkei contribuíram para melhorar os hábitos alimentares locais, introduzindo ou popularizando o arroz, a soja e os legumes que eles mesmos faziam questão de consumir. A metrópole lhes deve o “cinturão verde” que a cerca.”

E ainda dão seu parecer sobre a a tal questão japonesa:

“Assim, há muito não se fala mais na “questão japonesa”. Cerca de um nikkei em cada dois opta pelo casamento misto. Três nikkei em cada quatro se tornaram católicos. Mas, apesar deste intenso movimento de integração, não faltam as adolescentes e jovens mulheres nikkei de São Paulo que preferem, aos sábados à noite, freqüentar as “japotecas”, onde os rapazes lhes dão mostras, dizem elas, “de mais respeito”.”

A matéria na íntegra está neste link. Achei interessante ler um ponto de vista francês para o mundo ler, sobre o nosso dia-a-dia nipo-brasileiro. Oui, oui, oui, nehum de nós vive sem japas!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ...nas letras

quase francesas

Quando a Bia sugeriu este tema, os franceses na nossa vida e o nosso jeito francês de ser, logo vieram na minha cabeça inúmeros nomes, inúmeras receitas, muitos amigos e dezenas de músicas. Achei que ia ser difícil, já que estamos tão entranhadas no nosso Japas, mas cheguei à conclusão que o ouioui está aí com tanta força quanto nossos olhos puxados.

Então, sejam bem-vindos ao nosso jeito francês de ser! Aqui começa uma nova viagem, com novos paladares e novos sons!

Deixe um comentário

Arquivado em ...na vida