Arquivo da tag: Oscar Niemeyer

guy blanc, aproximando brasília de paris

paris-brasilia

Pense em Brasília. Mesmo que você nunca tenha ido lá, alguma imagem deve passar por sua cabeça. Agora pense em Paris. Idem. As duas cidades icônicas (guardadas as devidas proporções), são aproximadas pelo olhar do cineasta francês Guy Blanc na exposição Brasília – Paris, Olhares Cruzados.

É a 5ª exposição do francês Guy Blanc, cineasta com larga experiência no Brasil, onde produziu para a TV francesa um documentário sobre as obras de Oscar Niemeyer

Com vivência em Paris e Brasília, Guy Blanc busca aproximar duas cidades aparentemente antagônicas, percorrendo suas curvas, materiais e texturas. Se você tem curiosidade sobre o resultado, assim como eu, veja o que o próprio cineasta diz sobre o trabalho:

“Moro em Brasília há mais de 30 anos e passo algumas temporadas em Paris, então, sempre fotografei muito as duas cidades. Na minha mente, como são lugares que amo, tive a idéia de traçar essa aproximação. Fui completamente guiado pela emoção” (Para Correio Braziliense)

———————-

Nascido em uma aldeia perto de Lyon, na França, trabalhou com assistente de direção, produtor de documentários e diretor de filmes publicitários. No Brasil, veio a primeira vez para a filmagem de “Le retour du Grand Blond avec une chaussure noir” e dois anos depois de envolve na produção do filme “Pastores da Noite”, adaptação do romance do escritor Jorge Amado. Apaixonou-se pelo Brasil, e ficou.

————————–

p.s.: as fotos que ilustram este post, não são de Guy Blanc. Não encontrei nada na Internet. Continuo procurando

p.s.2: a exposição acontece em Brasília, até o dia 13 de novembro, no espaço de exposições da Câmara dos Deputados.

4 Comentários

Arquivado em ...na vida, ...nas artes

as cores do brasil na moda

O Brasil é destaque na Semana de Moda Francesa. E não é por nenhum estilista brasileiro, mas sim pelo desfile do japonês Issey Miyake. Depois de viagem de pesquisa e inspiração ao Brasil, o diretor de criação da marca Dai Fujiwara voltou com mais de 3.000 cores de referência para montar a paleta de cores da coleção Caçador de Cores.

E não deu outra: Amazônia, Rio de Janeiro e Oscar Niemeyer encheram a passarela e emocionaram Paris!

O diretor de criação Dai Fujiwara

Em abril passado, Dai deu palestra aqui em São Paulo, no MAM, sobre o conceito A-POC que, basicamente, dedine-se em várias peças de roupas desenhas num pedaço de tecido, que você recortar o que preferir usar e sai vestindo Issey Miyake feliz da vida.

A-Poc.

Quem visitou a recente exposiçao em homenagem ao centenário da Imigração Japonesa no MAM, deve lembrar-se da instalção do Issey Miyake que explorava o conceito.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na moda

sapato brasileiro na première classe de paris

O Palácio do Planalto (projetado por Oscar Niemeyer), foi a inspiração para a arquitetura do lounge do espaço do Design Brazil, na Première Classe, feira que acontece de 4 a 7 de setembro, em Paris. O Brasil foi escolhido para ser o Focus Country deste ano, contando com a presença de 19 marcas nacionais escolhidas por Patricia Lerat, diretora da feira.

As marcas escolhidas por sua qualidade de produção e destaque em inovação e design são: Louloux, Sylvie Quartara, Yumi & Prado (Atelier Urbano), Fernando Pires, Marco Apollônio, A Fábrica, Dânia Reiter, Luciana Paiva, Dilly, Dautore, Luiza Barcelos, Confraria, Sarah Chofakian, Franziska Hubener, Invitto, Lucilla Pessoa, Madame K, Zeferino e Ira Salles. 

“A edição de setembro da Première Classe irá celebrar o design brasileiro, que vem ganhando notoriedade no mercado internacional”, afirma Cristine Kopschina, assessora de marketing do Brazilian Footwear e coordenadora do Design Brazil

É a nossa chance de mostrar ao mundo, e reafirmarmos para nós mesmos, que temos capacidade de concorrer no mercado internacional com design e qualidade (disputando espaço com Itália e Espanha, por exemplo) e não ficar apenas brigando por preços baixos (perdendo espaço para a China)!

Veja matéria completa sobre a feira, aqui

Deixe um comentário

Arquivado em ...na moda

nossos brasileiros na frança: oscar niemeyer

“Se eu não pudesse mais viver no Rio, é em Paris que eu moraria”, disse o arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer em 1990 a um jornalista francês. No período em que ficou exilado na capital francesa (entre os anos de 1967 e 1972) projetou, de graça (e baseado em todas as suas convicções socialistas), a sede do Partido Comunista Francês.

O prédio está hoje na lista dos monumentos nacionais da França e é admirado por sua fachada ondulada, como se fosse uma bandeira ao vento. Mais tarde, ele realizou a obra que a UNESCO incluiu, em 2005, na lista do patrimônio mundial: a Casa da Cultura, da cidade francesa de Le Havre, inaugurada em 1982.

(Informações obtidas em reportagem realizada por Mário Câmera)

Em dezembro de 2007, o arquiteto foi condecorado com a medalha e o título de comendador da Ordem Nacional da Legião da Honra em cerimônia comandada pelo embaixador da França no Brasil.

Deixe um comentário

Arquivado em ...nas artes, ...nossos franceses