Arquivo da tag: Rita Lobo

trufas de chocolate por rita lobo

E pra encerrar o jantar à francesa de Rita Lobo, que tal um cafezinho? Para acompanhar, trufas de chocolate, para 6 pessoas, com muito prazer!

ingredientes

1 kg de chocolate meio amargo

1/2 lata de creme de leite sem soro

100g/1/2 tablete de manteiga

3 colheres (sopa) de conhaque

1 xícara (chá) de chocolate em pó

modo de preparo

1.Com uma faca afiada, pique o chocolate meio amargo e separe-o em duas partes iguais. Reserve uma das partes.

2.Transfira a outra parte para uma tigela refratária e leve o chocolate para derreter em banho-maria ou no forno de microondas. Para fazer o banho-maria, leve uma panelinha com um pouco de água ao fogo médio. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e encaixe uma tigela com chocolate sobre a panela. A água não deve encostar no fundo da tigela, pois o calor do vapor é suficiente para derreter o chocolate. Assim que derreter, retire a tigela da panela.

3.Junte o creme de leite e misture bem.

4.Adicione a manteiga, em temperatura ambiente, e o conhaque. Misture muito bem, leve à geleadeira e deixe descansar por 24 horas.

5.Retire da geladeira e, com o auxílio de uma colher, faça bolinhas, cerca de 50 unidades. Leve as bolinhas à geladeira e deixe esfriar por 1 hora.

6.Derreta o chocolate restante no forno de microondas ou em banho-maria. Coloque o chocolate em pó em um prato raso.

7.Mergulhe as bolinhas no chocolate derretido e retire-as com umg arfo. Deixe o excesso escorrer bem para dentro do recipiente.

8.Transfra as trufas escorridas para o prato com chocolate em pó. Quando estiverem firmes, enrole cada uma delas para empanar. Vá fazendo este procedimento aos poucos. Bata levemente em cada bolinha para retirar o excesso de chocolate em pó. Transfira as trufas para uma assadeira grande, cubra com filme e leve para gelar por mais 1 hora.

Coma sem medo de ser feliz!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha

crème brûlée

O jantar à francesa de Rita Lobo, começou com gravlax de salmão, terrine de aspargos, coq au vin e batata rösti – todas essas receitas estão aqui no ouiouioui, só dar uma busca pelo nome aqui do lado. Pois hoje é dia de pensar na sobremesa, talvez o prato mais esperado por muitos… Vamos lá:

ingreditentes

5 gemas

1/3 de xícara (chá)m de açúcar

350 ml de creme de leite fresco

100 ml de leite

1 1/2 colher (chá) de essência de baunilha

açúcar para caramelizar

modo de preparo

1.Preaqueça o forno a 160º (temperatura média-baixa)

2.Separe as claras das gemas (As claras não são utilizadas nesta receita, mas vc pode guardá-las para preparar um pudim de claras)

3.Coloque as gemas na tigela pequena da batedeira. Junte o açúcar e bata em velocidade alta até obter um creme bem claro.

4.Pare de bater e adicione o creme de leite, o leite e a essência de baunilha. Misture bem com uma colher. Deixe a mistura descansar por 10 minutos. Enquanto isoo, leve uma panela com água ao fogo alto. Ela será usada para o banho-maria.

5.Com uma colher, reitre toda a espuma que se formou na superfície da mistura de gemas. Distribua o creme entre as seis tigelinhas refratárias (que possam ir ao formo) – podem ser ramequins, aquelas forminhas de suflê

6.Arrume as tigelinhas numa assadeira retangular. Leve a assadeira ao forno e, antes de fechar a porta, coloque água fervendo na assadeira, com cuidado, para assar em banho-maria. Deixe assar por 40 minutos.

7.Retire a assadeira do forno e as tigelinhas do banho-maria. Deixe esfriar e leve à geladeira por no mínimo 6 horas

8.No momento de servir, polvilhe açúcar sobre toda a superfície do creme

9.Coloque uma colher de sopa na chama do fogão para aquecer bem. Use uma luva, ou pano dobrado, para não se queimar!

10.Encoste as costas da colher quente na superfície do creme, fazendo movimentos circulares, para caramelizar o açúcar. Caso precise, repita esta operação até caramelizar toda a superfície, mas não deixe queimar demais o açúcar.

Esta receita serve 6 pessoas. Para fechar o jantar à francesa de Rita Lobo, ainda tem umas trufinhas de chocolates para acompanhar o café…

3 Comentários

Arquivado em ...na cozinha

batata rösti por rita lobo

Depois do salmão, da terrine, do coq au vin, a batata rösti complementa o jantar à francesa por Rita Lobo. Depois, bem, depois só as sobremesas…. logo em próximos posts.

Às batatas:

Ingredientes
6 batatas grandes
1 xícara (chá) de agrião (somente as folhas)
1 cebola roxa pequena
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 pitada de noz-moscada ralada na hora
sal a gosto

Modo de preparo

1.Numa panela média, coloque as batatas, 2 litros de água e 1 colher (chá) de sal. Leve ao fogo alto e, quando ferver, deixe cozinhar por 15 minutos. Retire as batatas e deixe esfriar.

2.Numa tábua, pique fino o agrião e a cebola. Reserve.

3.Quando as batatas esfriarem, descasque-as e passe no lado grosso do ralador. Transfira a batata ralada para uma tigela e tempere com noz moscada.

4.Numa frigideira antiaderente, refogue a cebola com 1 colher (chá) de azeite de oliva por 5 minutos em fogo médio. Junte o agrião, tempere com sal e misture bem.

5.Leve outra frigideira antiaderente ao fogo médio por 1 minuto. Coloque 1 colher (sopa) de azeite e espalhe metade da batata ralada. Acrescente o agrião e a cebola sobre a batata e cubra com a outra metade da batata ralada. Regue com o restante do azeite e deixe fritar por 10 minutos ou até que embaixo se forme uma casquinha dourada. Para virar a batata, transfira-a com uma espátula para um prato; coloque a frigideira virada de cabeça para baixo sobre o prato; segure os dois juntos com um pano de prato e vire.

6.Leve a frigideira de volta ao fogo e deixe a batata dourar por mais 15 minutos. Transfira para um prato e corte em 6 partes.

4 Comentários

Arquivado em ...na cozinha

coq au vin por rita lobo

Para a marinada:

2 cabeças de alho

4 cebolas

2 cenouras

2 alhos-porós (somente a parte branca)

2 peitos de frango inteiros

4 coxas de frango

4 sobre-coxas de frango

1,5 L vinho tinto (duas garrafas)

1 xícara (chá) nde conhaque

1 colher (sopa) de sal grosso

pimenta do reino a gosto

4 folhas de louro

4 ramos de alecrim fresco

4 ramos de tomilho fresco

Modo de preparo:

1.Descasque os dentes de alho e as cebolas. Lave os vegetais e as ervas.

2.Numa táboa, corte as cebolas em 4 pedaços. Pique os alhos-poró e as cenouras de foram irregular.

3.Lave bem cada pedaço de frango. Se quiser, esfregue-os com limão.

4.Numa tigela be grande, ou num saco plástico, junte todos os ingredientes. Leve à geladeira e deixe marinar por 48 horas.

Para o cozimento:

80g de manteiga

4 xícaras (chá) de caldo de galinha (se usar cubo, dissolva apenas 2)

Modo de preparo:

1.Em 3 tigelas, separe os ingredientes da marinada: legumes, frango e líquido. Reserve.

2.Leve uma panela média com um pouco de manteiga ao fogo médio. Quando começar a espumar, doure os pedaços de frango aos poucos (Se colocar todos os pedaços de uma vez, o frango não ficará dourado). coloque mais manteiga à medida que for colocando pedaços de frango. Reserve 2 colheres (sopa) de manteiga para os legumes. Retire o frango da panela e reserve. Se quiser, retire a pele dos pedaços de frango depois de dourá-los.

3.Na mesma panela, junte o restante da manteiga e doure os legumes da marinada por alguns minutos. Acrescente o líquido da marinada, os frangos, o caldo e deixe cozinhar por 30 minutos com a panela tampada.

Para a montagem:

3 cenouras

3 cebolas

2 colheres (sopa) de cebolinha francesa

250g de bacon (inteiro)

1 colher (sopa) de manteiga

sal a gosto

Modo de preparo:

1.Corte as cebolas em metades e as metades em meia-luas bem fininhas. Corte o bacon em tirinhas também. Corte as cenouras em rodelas finas ou faça fios usando um zester (utensílio para fazer raspinhas). Pique fino a cebolinha. Reserve.

2.Numa frigideira, coloque a manteiga e leve ao forno médio. Qunando derreter, doure o bacon por 5 minutos. Acrescente a cebola e a cenoura e refogue por 15 minutos. Tempere com sal.

3.Transfira os pedaços de frango para uma travessa funda, disponha os legumes refogados por cima. Regue com o molho e decore a cebolinha francesa picada. Se quiser, decore também com outras ervas frescas, Sirva imediatamente.

Ok, o jantar à francesa de Rita Lobo vai indo bem, depois gravlax de salmão, e da terrine de aspargos com queijo de cabra, acabamos de aprender o coq au vin. Aguarde que ainda acomapnha batata rösti e as sobremesas, tudopara 6 pessoas.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha

terrine de aspargos por rita lobo

Prosseguindo o receita-a-receita do jantar à francesa de Rita Lobo, depois da receita do gravlax de salmão, tá na hora de aprender a preparar a terrine de aspargos com queijo de cabra, para 6 pessoas:

ingredientes:

20 aspargos frescos

1 colher (sopa) de cebola picada

1/2 xícara (chá) de coalhada seca

8 folhas de acelga

3 colheres (sopa) de azeite

1 colher (sopa) de vinagre balsâmico

1/2 colher (sopa) de endro fresco picado

raminhos de endro fresco para decorar

sal e pimenta a gosto

modo de preparo:

1. Leve uma panela média com 3 litros de água e 1 colher (chá) de sal ao fogo médio e deixe ferver.

2. Numa tigela, coloque água gelada e algumas pedras de gelo.

3. Com um descascador de legumes, limpe um pouco da fibra dos aspargos. Quando a água ferver, escalde os aspargos por 1 minuto, retire-os e transfira para a tigela com gelo para cessar o cozimento.

4. Numa tábua, corte a ponta dos aspargos, deixando 10cm de talo. Reserve as pontas dos talos.

5. Numa tigela, misture bem a cebola com o queijo de cabra e a colhada seca.

6. Forre uma fôrma de bolo inglês com filme, ultrapasse as bordas da fôrma, deixando 4 cm de filme de sobra de cada lado. Cubras o fundo da fôrma com os talos dos aspargos cozidos, dispondo-os um ao lado do outro. Tempere com uma pitadinha de sal e pimenta. Espalhe 2 colheres da mistura de queijo de cabra, alisando bem com as costas da colher. Repita o procedimento e vá formando cmadas até acabarem os aspargos. Dobre as bordas de filme para dentro, cobrindo todo o conteúdo da fôrma. Leve à geladeira por 2 horas ou ao congelador por 30 minutos.

7. Leve uma panela grande com 3 litros de água e uma pitada de sal ao fogo alto. Prepare outra tigela com água fria e gelo. Quando a água da panela ferver, abaixe o fogo para médio e coloque as folhas de acelga por 20 segundos. Escorra e transfira para a tigela com água gelada. Com uma faquinha, retire o caule grosso das folhas e descarte-os. Seque as folhas ligeiramente com um pano de prato limpo.

8. Sobre um pedaço de filme esticado, arrume uma camada de folhas, formando um retângulo com o qual cobrirá a terrine.

9. Retire a fôrma da geladeira, levante as bordas do filme e desenforme a terrine, colocando-a no centro do retângulo. Retire o filme que forrava a fôrma. Embrulhe a terrine com o retângulo de filmes coberto de folhas de acelga, para dar um formato de paralelepípedo. Leve à geladeira até a hora de servir.

montagem:

1. Numa tigela, coloque as pontas dos aspargos e tempere com sal, pimenta-do-reino, 1 colher (sopa) de azeite, 1 colher (sopa) de vinagre balsâmico e 1/2 colher (sopa) de endro picado.

2. Fatie a terrine em 6 pedaços, retire o filme e transfira cada fatia num prato. Distribua as pontas de aspargos temperadas entre os 6 pratos, decore com raminhos de endro e regue com um fio de azeite. Sirva imediatamente.


Deixe um comentário

Arquivado em ...na cozinha

gravlax de salmão por rita lobo

Do e-livro Cozinha e Estilo de Rita Lobo, a primeira receita do jantar à francesa que prometi. Serve 6 pessoas e pode ser uma boa idéia pra esse final de semana. Mas é bom começar logo, porque o salmão precisa marinar por 48 horas.

ingredientes:

1/2 salmão com a pele

1/3 xícara (chá) de sal

1 xícara (chá) de açúcar

1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo

1 colher (sopa) de pimenta branca quebrada

20g/1maço grande de endro fresco picado

suco de 1/2 limão

1 colher (sopa) de azeite de oliva

1 colher (sopa) de azeite de oliva

1 colher (sopa) de conhaque

Modo de preparo:

1. Numa tigela, misture o sal, o açúcar, o açúcar mascavo, a piemnta quebrada e metade do endro picado. Reserve. Esta mistura servirá para curar o salmão.

2. Em outra tigelinha, acrescente o suco de limão, o azeite e o conhaque.

3. Numa superfície de trabalho, coloque um pedaço de filme com o dobro do tamamnho do salmão. Disponha o peixe com a pele voltada para baixo e pincele com o tempero de limão.

4. Salpique com o endro, cubra com a mistura para curar e aperte bem com as mãos para grudar o tempero. Co o filme, embrulhe o salmão, tomando cuidado para não espalhar a cura. Vire o peixe com a pele voltada para cima e, com uma faquinha afiada, faça vários furinhos no filme, atravessando a pele do peixe. Este processo servirá para drenar o líquido que o salmão irá saltar.

5. Forre uma assadeira grande com pael-toalha. Disponha o salmão com a pele voltada para baixo. Coloque um peso sobre o papel para prensá-lo. Você pode usar um saco de 5kg de arroz ou um tijolo embrulhado em papel-alumínio.

6. Leve à geladeira. A cada 6 horas, troque o papel-toalha e verifique se o líquido está sendo escoado pelos furinhos do filme. Deixe marinar por 48 horas.

7. Após o período da marinada, desembrulhe o salmão e retire o excesso do tempero, raspando com as costas de uma faca. Se quiser, deixe um pouco do endro.

8. Com uma faca afiada, corte o salmão em tiras bem finas, descartando a pele. Sirva a seguir com o molho e torradas. Para o molho: 2 colheres (sopa) de mostarda Dijon 1 colher (sopa) de mel suco de 1 limão 1 colher (chá) de endro picado Modo de preparo: Numa tigelinha, misture todos os ingredientes e bata com um garfo até ficar cremoso.

2 Comentários

Arquivado em ...na cozinha

rita lobo à francesa, com antecedência

Rita Lobo disponibilizou para download o seu mais recente e-livro, Cozinha de Estilo, no site panelinha. Um gesto de muito bom gosto, generosidade e, no caso do capítulo que traz um cardápio francês, très chic!! São 6 receitas para um jantar que pode (e deve ser preparado) com a devida antecedência, como ela mesma explica na introdução que transcrevi abaixo. Prepare-se, que publicarei as receitas uma a uma, à seu tempo…

Um jantar clássico pede aperitivo, entrada, prato principal, sobremesa e trufas para servir com café. E se as receitas forem francesas, melhor ainda. Neste cardápio, apesar de toda a pompa, praticidade não está excluída. Isso porque boa parte do preparo pode ser feito com bastante antecedência. aliás, deve. O graviax, por exemplo, um salmão curado, leva 48 horas para ficar pronto. E, na geladeira, dura alguns dias. Portanto, você pode começar o preparo quatro dias antes. Ele fica divino servido com torradinhas e acompanhado de vinho espumante.

A terrine, uma entrada clássica, é chiqérrima e saudável ao mesmo tempo. Ela pode ser feita no dia anterior. Já o coq au vin precisa daquelas 48 horinhas básicas para marinar e ganhar o sabor irresistível do prato. Ele precisa se embebber de vinho. E também leva um certo tempo para cozinhar. Comece a prepará-lo três dias antes do jantar.

As batatas precisam ser feitas na hora. Mas é a única das seis receitas do cardápio. As outras podem ficar prontas no dia anterior. para acompanhar o prato principal, vinho tinto é a melhor opção. Mas não precisa ser francês!

1 comentário

Arquivado em ...na cozinha, ...na vida