Arquivo da tag: show

prepare-se para michel legrand

O pianista e compositor francês Michel Legrand vem para o Brasil em show no Via Funchal, dia 28 de outubro. Falta um pouco menos de um mês, e é bom já ir se preparando.

Você pode não saber, mas o francês é responsável pela composição de trilhas sonoras inesquecíveis como Lola, Les Misérables, Prêt-à-Porter, Duas Garotas Românticas, Os Guarda-Chuvas do Amor e Verão de 42, Yentl, entre outras.

No repertório do show, sucessos de sua carreira como “Les Moulin de Mon Coeur”, “La Valse de Lilas”, “Paris Violon”, “Summer Knows”, “Summer Me, Winter Me” e “Watch What Happens”.

Legrand é considerado um dos maiores compositores da música moderna com seu estilo sofisticado, melodias marcantes e elegância, o que garantiu sua presença como autor de trilhas musicais para filmes de sucesso mundial. Atualmente com 76 anos, realiza shows esporadicamente ao redor do mundo: seu último show no Brasil foi realizado no Rio de Janeiro, há sete anos.

Então, aproveite esta nova vinda do pianista e compositor, e prepare-se para cantar junto.

6 Comentários

Arquivado em ...na música

yelle, a francesa do clipe genial, vem aí

Já falamos sobre Yelle aqui, por conta de seu genial clipe, com a dança tendência Tecktonik. Agora, ela vem ao Brasil para um show com letras de um dia-a-dia cheio de sexo, vibradores e humor, e pede para que os fãs apareçam vestidos a carater, inspirados no figurino do clipe Ce Jeu. Que eu publico aqui caso você se anime:

Aqui, a matéria completa da revista da Folha:

“Se é verdade que ela só canta sobre seu dia-a-dia, a vida de Yelle, alcunha da francesa Julie Budet, que se apresenta terça, dia 30, no clube Glória, deve ser cheia de sexo, hétero e homossexual, luxúria, humor e moda. 

Yelle, diminutivo da frase inglesa “you enjoy life” (aproveite a vida), já foi rotulada de musa do novo “french touch” à rainha do tecktonik, a dança que se espalhou como praga mundo afora via YouTube. 

Na primeira turnê desse lado do Atlântico, ela, o marido Grand Marnier, na bateria, e Tepr, no teclado, fazem show com repertório do disco de estréia, “Pop Up”. 

Mais do que suas influências e temas por trás das músicas -o tamanho do seu sutiã e seu melhor amigo, o vibrador, são alguns deles-, importa saber que a garota que diz amar “ser livre para cantar sobre lesbianismo e vibradores” arma uma verdadeira festa. Ela pede que o público vista máscaras e se prepare para um desbunde fashion -no palco, vai vestir criações do jovem designer belga Jean-Paul Lespagnard. 

Quem quiser ter uma idéia desse visual luxo total pode conferir o clipe de “Ce Jeu”, disponível na internet.” 

O show acontece na terça-feira, dia 30, no Clube Glória

1 comentário

Arquivado em ...na música

o bis de charles aznavour

Depois do show de ontem, dia 11 de setembro, Charles Aznavour promete mais uma apresentação em São Paulo, no próximo dia 25 de setembro. Mais uma chance para que não foi, ver um dos ícones da música francesa cantando seus mais famosos hits! E pedir bis!

Ah! Antes de voltar para São Paulo, o cantor ainda passa por Recife (hoje), Fortaleza (13/09), Goiânia (16/09), e Rio de Janeiro (20/09).

Aqui, no Terra Magazine, uma bonita reportagem sobre o show de ontem.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na música

pepare-se para as meninas do plastiscines

Os dois shows das meninas    na cidade acontecem dia 4, à 1h, no Vegas e dia 6, às 23h, no Via Funchal.

Aproveite para ouvir o novo rock que embala a França e caprichar no look, inspirando-se na mistura de peças das francesinhas.

Deixe um comentário

Arquivado em ...na moda

oui, charles aznavour de volta. prepare-se

Sim, Charles Aznavour mal veio e já está voltando. Sorte nossa! Em abril deste ano, o cantor anunciou que fazia a sua última apresentação em terras brasileiras, mas cinco novas apresentações já foram anunciadas para setembro próximo em São Paulo (dia 11), Recife (dia 12), Fortaleza (dia 13), Goiânia (dia 16) e Rio de Janeiro (dia 20).

Nascido em Paris com o nome de Chahnour Varinag Aznavourian, o cantor é filho de um casal de armênios que fugiram do massacre turco. A mãe do cantor era atriz e o pai, barítono, fazendo com que o ícone da música francesa crescesse em um ambiente de artistas e poetas.

“Eu sou um artesão, um homem tranqüilo que escreve e faz suas canções”, afirmou o cantor quando esteve em São Paulo.

Autor de mais de mil canções, em mais de 70 anos de carreira, Aznavour conta que gosta das diferentes interpretações que são dadas às suas músicas e que sempre tenta absorver influências dos países onde se apresenta. No caso do Brasil, Tom Jobim e João Gilberto tiveram peso sobre sua visão musical. Aznavour disse que conheceu o músico baiano em um jantar e delcarou ter tido o privilégio de conhecer a bossa nova antes da França e dos EUA. 

Em São Paulo, o show ocorre no Via Funchal, em Recife, no Chevrolet Hall, em Fortaleza, no Siara Hall, em Goiânia, na Arena Goiânia, e Rio, no Vivo Rio.

——————

Leia mais sobre a última turnê do cantor aqui

Deixe um comentário

Arquivado em ...na música